VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 419-426

Propolis e óleos essenciais na dieta melhoraram o desempenho animal e eficiência alimentar de bovinos não castrados terminados em confinamento

Valero, Maribel VelandiaPrado, Rodolpho Martin doZawadzki, FernandoEiras, Carlos EmanuelMadrona, Grasiele ScaramalPrado, Ivanor Nunes do

Este trabalho foi realizado para avaliar o efeito da adição de própolis e óleos essenciais sobre o desempenho animal, ingestão de alimentos, digestibilidade aparente, características de carcaça de bovinos não castrados terminados em confinamento. Trinta bovinos (½ Aberdeen Angus vs. ½ Nelore) foram designados ao acaso para uma das três dietas (Controle – CON, Própolis – PRO e Óleos essenciais – OIL) e mantidos em confinamento (baias individuais) durante 55 dias. A dieta CON era composta de 45% de silagem de milho, 40% de concentrado (milho moído, farelo de soja, calcário e sal mineral) e 15% de glicerina. O grupo PRO recebeu a mesma dieta que o grupo controle mais 3 gramas animal dia-1 propolis seco adicionado ao concentrado. O grupo OIL recebeu a mesma dieta que o controle mais gramas animal dia1 de óleos essenciais (óleos de mamona e caju) adicionados ao concentrado. O peso final, ganho médio diário, eficiência alimentar e peso de carcaça quente foram melhores para os bovinos suplementados com óleos essenciais e própolis do que para os animais da dieta controle. A ingestão de alimentos, digestibilidade aparente, conformação de carcaça e composição de tecidos não foram alterados pela adição de aditivos. A adição de própolis e óleos essenciais na dieta de bovinos melhorou o desempenho animal e peso de carcaça.(AU)

Texto completo