VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 201-208

Degradabilidade ruminal da fibra em detergente neutro de gramíneas Cynodon spp. em quatro idades de rebrota

Oliveira, Euclides Reuter dePinto Monção, FlávioGabriel, Andréa Maria de AraújoGóes, Rafael H. de T. e Buschinelli deLempp, BeatrizMoura, Lais Valenzuela

Objetivou-se por meio deste trabalho determinar a degradação ruminal da fibra em detergente neutro de gramíneas do gênero Cynodon, colhidas em quatro idades de corte. Foi utilizado o delineamento em blocos ao acaso, com cinco tratamentos arranjados em um esquema de parcelas subdivididas, sendo os cinco genótipos: Tifton 85, Jiggs, Russel, Tifton 68 e Vaqueiro; estudadas as parcelas e as quatro idades de corte as subparcelas: 28, 48, 63 e 79 dias. À medida que aumentou um dia na idade de corte, houve redução linear da degradabilidade efetiva da fibra em detergente neutro da lâmina e do colmo em 0,16 e 0,18%,respectivamente. O avanço na idade de corte influenciou linearmente e positivamente a fração indegradável da fibra em detergente neutro com incrementos diários para a lâmina foliar e para o colmo de 0,12 e 0,18%,respectivamente. Na idade de 28 dias de rebrota, todos os genótipos apresentaram maiores teores de fração insolúvel potencialmente degradável, degradabilidade efetiva e menor fração indegradável da fibra em detergente neutro da lâmina e do colmo em relação às demais idades, sendo desta forma recomendado esse intervalo para manejo de corte.(AU)

Texto completo