VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 273-279

Consumo de nutrientes, desempenho produtivo e medidas corporais de novilhas leiteirasalimentadas com diferentes fontes proteicas

Mota, Diego AzevedoBerchielli, Telma TeresinhaCanesim, Roberta CarrilhoRosa, Bruna LaurindoRibeiro, Andressa FerreiraBrandt, Heitor Violin

Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes fontes proteicas (farelo de soja, farelo de algodão, farelo de amendoim e farelo de girassol) sobre o consumo de matéria seca e nutrientes, desempenho produtivo e medidas corporais de novilhas leiteiras, mestiças Holandês x Zebu, recriadas em confinamento. O delineamento experimental foi em blocos completos casualizados, constituído por seis repetições e quatro tratamentos. Os valores médios de ingestão de extrato etéreo (IEE, kg dia-1) apresentaram diferença estatística (p < 0,05). A ingestão de fibra em detergente neutro em % do peso corporal foi superior (p < 0,05) na dieta com farelo de girassol (1,01 %PC) em relação à dieta com farelo de soja (0,84 %PC). O ganho médio de peso corporal promovido pela dieta com o farelo de soja foi superior (0,95 kg dia-1) à dieta com farelo de girassol (0,82 kg dia-1), e no peso corporal final a dieta com o farelo de soja foi superior aos demais (p < 0,05). A medida biométrica perímetro torácico apresentou maior grau de associação com o peso corporal (0,93). O farelo de soja proporciona melhor desempenho produtivo a novilhas mestiças Holandesa x Zebu, alimentadas com dietas à base de cana-de-açúcar. Contudo, o farelo de algodão, farelo de amendoim e farelo de girassol pode ser possíveis substitutos do farelo de soja.(AU)

Texto completo