VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 153-157

Cálcio nas rações de pré-postura e postura sobre o desempenho e qualidade de casca dos ovos de poedeiras comerciais

Rodrigues, Eliana AparecidaOliveira, Maria Cristina deCancherini, Luciana CardosoDuarte, Karina FerreiraSantana, Luis FernandoJunqueira, Otto Mack

O ensaio experimental objetivou avaliação do efeito de diferentes níveis de cálcio (Ca) nas rações de pré-postura e postura sobre o desempenho e qualidade dos ovos de poedeiras comerciais. Foram alojadas 256 frangas da linhagem Hisex Brown com 16 semanas de idade em galpão convencional de postura. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em arranjo fatorial 4 x 2 (4 níveis de cálcio - 0,8; 1,3; 1,8 e 2,3% na pré-postura e 2 níveis de cálcio - 2,5 e 3,5% na postura), totalizando oito tratamentos com quatro repetições de oito aves por unidade experimental. Iniciou-se com a ração de pré-postura às 16 semanas de idade das aves, sendo que a mesma foi fornecida até as aves atingiram 18 semanas de idade, quando então, iniciou-se com a ração de postura. Foram avaliadas durante quatro ciclos de 28 dias as seguintes variáveis: produção e peso dos ovos,consumo de ração, conversão alimentar, massa de ovos e qualidade da casca dos ovos. Através dos resultados obtidos pode-se concluir que um bom desempenho foi obtido com 0,8% de cálcio na fase de pré-postura. Na fase de postura o nível de 3,5% de cálcio promoveu maior peso de ovo e melhor qualidade de casca.(AU)

Texto completo