VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 447-453

Cruzamento industrial sobre as características de carcaça e da carne de novilhas precoces

Souza, Vera Lúcia Ferreira deAyer, Ilan MunhozGasparino, ElianeCardozo, Rejane MachadoBarbosa, Maria José BaptistaSaddi, Lígia Grisólia do Carmo

O experimento foi realizado com o objetivo de comparar as características de carcaça e da carne de 18 novilhas dos cruzamentos comerciais: ½ Nelore ½ Limousin (L), ½ Limousin ¼ Red Angus ¼ Nelore (LR), e ⅝ Red Angus ⅜ Nelore (RNR). As novilhas foram confinadas aos 18 meses de idade, com média de peso de 280 ± 8,4 kg, durante 112 dias. Após o abate e resfriamento das carcaças foram avaliados: rendimento (RC), área de olho de lombo (AOL), espessura de coxão (EC), cobertura de gordura (CG), comprimento de carcaça e perna, percentagem de músculo, ossos e gordura. Das amostras do Longissimus dorsi foram analisados a composição centesimal, o pH, a perda de água, a força de cisalhamento (FC), o comprimento de sarcômero (CS) e o índice de fragmentação miofibrilar (IFM). Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância, e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de significância. O cruzamento LR apresentou as melhores características de carcaça e de carne com 54,72% de RC; 27,87 cm de EC; 4,53 cm de CG; 63,65 cm2 de AOL; 64,58% de carne magra; 26,63% de perda de água; pH de 5,72; 2,49 kg de FC; 1,91 microm de CS; e 83,59 de IFM.(AU)

Texto completo