VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 415-423

Estratégias de suplementação para antecipação da idade à puberdade para novilhas de corte em pastagem tropical

Figueiredo, Darcilene Maria dePaulino, Mário FonsecaDetmann, EdenioSouza, Marcos Gonçalves deCouto, Victor Rezende MoreiraSales, Maykel Franklin Lima

Objetivou-se avaliar suplementos formulados com diferentes fontes de proteína, no período das águas, sobre o desempenho produtivo de novilhas de corte em recria. Para avaliar o desempenho produtivo, 20 novilhas mestiças Holandês x Zebu e aneloradas, com peso corporal médio de 234 kg e idade aproximada de 14 meses, foram distribuídas em cinco piquetes de B. decumbens Stapf de 2,5 ha cada, em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e quatro repetições. Os suplementos foram à base de farelo de soja (FS), farelo de algodão 38% PB (FA38), farelo de glúten de milho 60% PB (GM) e farelo de trigo + ureia (FT), além de um tratamento-testemunha, constituído apenas de mistura mineral (MM). A quantidade diária de suplemento foi fixada para fornecer aproximadamente 180 g de PB dia-1, sendo 0,450; 0,550; 0,350 e 0,450 kg animal-1 dia-1, respectivamente, para os tratamentos FS, FA38, GM e FT. Os animais foram pesados a cada 28 dias e rotacionados entre os piquetes a cada sete dias. Os animais submetidos ao tratamento FT apresentaram ganhos médios diários (GMD) superiores (p < 0,10) àqueles recebendo o tratamento MM (0,839 X 0,666 kg dia-1). Recomenda-se o fornecimento de 500 g de suplemento que contém ureia, farelo de trigo e minerais para novilhas em recria, quando se deseja obter ganhos de peso moderados, em torno de 850 g dia.(AU)

Texto completo