VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 379-385

Composição nutricional de pastagens de capim-Elefante submetido a duas estratégias de manejo em pastejo

Meinerz, Gilmar RobertoOlivo, Clair JorgeZiech, Magnos FernandoAgnolin, Carlos AlbertoDullius, Ana PaulaMoraes, Ricardo da Silveira

Realizou-se o trabalho com o objetivo de avaliar o efeito de estratégias de manejo sobre a composição nutricional de pastagens de capim-Elefante. No Tratamento 1, o capim-Elefante foi manejado de acordo com princípios agroecológicos; no Tratamento 2, convencionalmente. Na área correspondente ao sistema agroecológico, o capim-Elefante estava estabelecido em linhas afastadas a 3 m, onde, no espaço entre linhas, no período hibernal, foi implantado azevém e, no período estival, permitiu-se o desenvolvimento de espécies de crescimento espontâneo. Na área referente ao sistema convencional, o capim- Elefante estava estabelecido em linhas espaçadas a 1,4 m. Em cada pastejo, foram coletadas amostras por meio da técnica de simulação de pastejo para determinação das porcentagens de proteína bruta (PB), de fibra em detergente neutro (FDN), da digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS), da matéria orgânica (DIVMO) e dos nutrientes digestíveis totais (NDT). O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com dois tratamentos, duas repetições em parcelas subdivididas no tempo. Observou-se resultado superior (p < 0,05) para PB, DIVMS e DIVMO no sistema agroecológico. Para a FDN, foi verificado valor superior (p < 0,05) no sistema convencional. Os melhores resultados de valor nutritivo foram encontrados no período hibernal. Os resultados demonstram que o capim-Elefante apresenta elevado valor nutritivo em ambos os sistemas estudados .(AU)

Texto completo