VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 1-8

Eficácia in vitro de extratos aquosos de plantas no controle de nematódeos gastrintestinais de bovinos

Duarte Fonseca, LeydianaMaria Vieira, ThallytaFernandes Lázaro, SirleneLuíza França Silva, MariaVinícius de Paiva Ferreira, AdrianoAlmeida Bastos, GabrielaMorais-Costa, FranciellenRonie Martins, ErnaneRobson Duarte, Eduardo

As verminoses gastrintestinais são um dos maiores problemas sanitários na bovinocultura de corte e leiteira em diversas regiões. Ocasionam redução no ganho de peso, crescimento, desempenho e produtividade dos rebanhos [4], além dos custos com tratamentos profilático e curativo [18]. Assim, o somatório desses prejuízos gera grandes perdas econômicas para o setor.Os anti-helmínticos comerciais têm sido administrados inadequadamente, de forma frequente e sem aguardar o período indicado entre tratamentos, selecionando populações resistentes [26]. O uso abusivo dos fármacos ainda eleva os custos e provoca danos ambientais pela toxicidade, além de deixar resíduos nos alimentos de origem animal. A sociedade atual tem buscado produtos saudáveis e ambientalmente sustentáveis, fazendo com que a bovinocultura se adeque às suas exigências.Tratamentos alternativos têm sido difundidos para minimizar os impactos das helmintoses. A fitoterapia, por sua vez, tem se configurado como forma eficaz de controle de diversas doenças em humanos e animais por séculos [3]. Muitas pesquisas têm reportado resultados promissores com extratos vegetais no controle de nematódeos de pequenos ruminantes. Entretanto, poucos têm observado esses efeitos em nematódeos de bovinos.Assim, objetivou-se com o presente trabalho avaliar a eficácia in vitro dos extratos aquosos das folhas de Acrocomia aculeata, Anacardium o

Texto completo